Casa de Ipanema - 1° Rearquitetura - Década de 1990

Casa de Ipanema

Situação pouco comum e potencialmente conflituosa: o arquiteto reforma uma obra realizada por seu pai, também arquiteto, para seu próprio uso. A intervenção basicamente amplia a área da casa sobrepondo à proposta original, uma estratificação transversal do espaço através de planos reais e implícitos, distribuídos ao largo do terreno, que arrematam ao fundo, o futuro ateliê.

A casa original é colocada "entre parênteses", ampliada por faixas de espaço s que definem áreas de serviços e pátios, que ao mesmo tempo resolvem os problemas de segurança de maneira agradável ao utilizar cobongós ao invés de grades. Construídos em alvenarias de blocos de concreto, os novos planos introduzem um controle dimensional refinado, contrastante com a técnica e materiais originais. A nova modulação, baseada no bloco inteiro de concreto e sua metade, dialoga com a alvenaria de tijolos à vista e com as paredes de madeira da primeira construção dos anos 50.

A nova casa de blocos de concreto, envolve a casa original com carinho, como se o filho abraçasse o pai através da arquitetura.

Casa de Ipanema
 

Situación poco común y potencialmente conflictiva: el arquitecto reforma una obra realizada por su padre, también arquitecto, para su propio uso. La intervención básicamente amplía el área de la casa sobreponiendo a la propuesta original, una estratificación transversal del espacio a través de planes reales e implícitos, distribuidos a lo largo del terreno, que rematan al fondo, el futuro taller.

La casa original se coloca "entre paréntesis", ampliada por franjas de espacios que definen áreas de servicios y patios, que al mismo tiempo resuelven los problemas de seguridad de manera agradable al utilizar cobongós en lugar de rejas. Construidos en mampostería de bloques de hormigón, los nuevos planos introducen un control dimensional refinado, contrastante con la técnica y materiales originales. La nueva modulación, basada en el bloque entero de hormigón y su mitad, dialoga con la mampostería de ladrillos a la vista y con las paredes de madera de la primera construcción de los años 50.

La nueva casa de bloques de hormigón, envuelve la casa original con cariño, como si el hijo abrazara al padre a través de la arquitectura.

Ipanema House

An infrequent and potentially conflictive situation: the architect refurbishes a project designed by his own father, also an architect, for his own use. The intervention basically enlarges the area of ​​the house superimposing over the original layout, a transversal stratification of the space through real and implicit plans, distributed along the site, which come to an end at the back, in the future workshop.

The original house is placed "between brackets", enlarged by strips of space which define service and storage areas which, at the same time, solve the security problems in a agreeable manner by using cobongós instead of bars. Built in concrete block masonry, the new plans introduce a refined dimensional control, contrasting with the original material and technique. The new modulation, based on the whole concrete block and its half, dialogues with the exposed brick masonry and the wooden walls of the first construction of the 1950s.

The new concrete block house wraps affectionately around the original house, as if the son was embracing his father through the architecture.

Edson da Cunha Mahfuz, 1998

FICHA TÉCNICA

Local: Rua Dr. Pio Ângelo, 45. Ipanema, Porto Alegre, RS, Brasil

Área do terreno: 300 m2

Projeto Original, 1958 – 1960 

Área Construída: 130,00 m2

Arquitetura, Construção:  Arq. Moacyr Moojen Marques (1930)

Hidraulico e Elétrico: Eng. Heinz Bauman

1° Rearquitetura, 1989 – 1993

Área acrescida: 20,00 m2

Arquitetura: Arq. Sergio M. Marques (1962)

Colaboração: Arq. Anna Paula Moura Canez (1963)

Construção: Arq. Sergio M. Marques e Arq. Ricardo Sassen Paz

Hidráulico e Elétrico: Arq. Ricardo Sassen Paz e Arq. Steffani Nohel Paz

2° Rearquitetura, 2006 – 2009

Área construída: 150,00 m2

Arquitetura: Arq. Sergio M. Marques

Colaboração: Arq. Luciane Kinsel. Acads. Camila Dias, Betina Cornetet, Lucas C. Moojen Marques (1995)

Construção - Coord. Geral: Arq. Sergio M. Marques, Arq. Ricardo Sassen Paz e Arq. Steffani Nohel Paz

Fundações: Eng.Paulo da Luz.

Estrutura de Concreto: Construtora PREMOLD Ltda, Eng. George S. de Souza, Eng. Newton Bins de Napoli.

Estrutura Metálica: Metalplan, Eng. Ervino Herrlein.

Alvenarias, acabamentos e instalações: Arqs. Ricardo Sassen Paz e Stefani Nhoel Paz.

Estrutura: Padoin & Sachs Engenharia de Estruturas

Fundações: Tecnobase

Elétrica e Hidráulica: Arqs. Ricardo Sassen Paz & Stefani Nhoel Paz

Conforto Térmico e Iluminação Natural: Eng. Nelson Turik

 

Fotografias:

Casa Original - Moacyr Moojen Marques

1° Rearquitetura - Fot. Eduardo Aigner

2° Rearquitetura - Sergio M. Marques 

BIBLIOGRAFIA

MAHFUZ, E. C.. Casa de Ipanema. In: Sérgio Moacir Marques; Flávio Kiefer; Maturino Luz. (Org.). Casas Internacional. Brasil Meridional. Buenos Aires: Kliczkowski Publishers, 1998, v. , p. 23-25.

MAHFUZ, E. C..  Casa de Ipanema. In MAHFUZ, E. C..  O clássico, o poético e o erótico e outros ensaios. 1ª. ed. Porto Alegre: Editora Ritter dos Reis, 2002. v. 1. 169p .

 

MARQUES, S. M.. Uma Casa, Três Projetos, Cinquenta anos - A Casa de Ipanema - 1958 - 2008. In: III DOCOMOMO Sul, 2010, Porto Alegre. Madeira-Primitivismo e Inovação na Arquitetura do Cone Sul Latino Americano. Porto Alegre: UFGRS, 2010.

MARQUES S. M. Uma casa, três projetos, cinquenta anos - A Casa de Ipanema - 1958/2008. Palimpsesto  v. 01, Cátedra Blanca,  Escuela Técnica Superior de Arquitectura de Barcelona – Universidad Politécnica de Catalunya – ETSAB/UPC, 2011.

MARQUES, S. M.. Uma casa, três projetos, cinquenta anos 1958/2008 Porto Alegre RS Brasil. Arquitextos (São Paulo), v. 168, p. 168.1, 2014.

MARQUES, S. M. Uma Casa, Três Projetos, Cinquenta anos: A Casa de Ipanema - 1958/2008. In: Carlos Eduardo Dias Comas; Marta Peixoto; Sergio Moacir Marques. (Org.). Madeira: Primitivismo e Tecnologia na Arquitetura do Cone Sul Americano: 1930/1970. 1ed.PORTO ALEGRE: UniRitter, 2016, v. 8, p. 105-120.

PREMIOS E EXPOSIÇÕES

BA98, Bienal de Buenos Aires, 1998, Exposição Casas Internacional, CP67.

© 2018 Sergio M. Marques | Wix.com

+55 51 32258938 | moomaa.arq@gmail.com

  • Facebook - MooMAA
  • Instagram - MooMAA