1° Plano de Desenvolvimento Urbano de Porto Alegre - PDDU

porto-alegre-blog-deville_PB.jpg

A Cidade é uma realidade humana: Muito mais que um local de residência ou de trabalho, é um espaço criado pelo homem para a sua realização. Representa - como diria Mies van der Rohe - o produto da vontade de uma época.

Como empreendimento coletivo e realidade compartilhada, a cidade é obra de seus habitantes. Não pode esta cidade se voltar contra seus criadores, tornado-os estranhos ao ambiente onde vivem.

Como realidade social a cidade não pertence à alguns, mas a todos, e como tal, a população deve opinar sobre o seu destino.

Espera-se que esta interpretação da vida de cada um reflita numa resposta positiva da comunidade, pois que esta é uma responsabilidade coletiva da qual ninguém deve se furtar.

Partindo desta premissa, o 1° Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano de Porto Alegre (PDDU) apresenta, como inovação, uma maior participação da comunidade no redimensionamento da cidade, permitindo que se alimente a esperança de um crescimento ordenado, apoiado também na vivência do cotidiano. Pelo do que se tem notícia é esta uma forma totalmente nova de valer-se da opinião das pessoas não especializadas  na tarefa de "repensar" a utilização do espaço urbano - pelo menos no Brasil. Espera-se, com isso, ganhe a funcionalidade e cresça de importância o conforto das pessoas.

Por igual a atualidade deste documento é atestada pela inclusão de um conjunto de normas voltadas para a humanização do crescimento urbano e a conservação do ambiente natural. Busca-se, assim, redimensionar a estrutura urbana, ensejando que o homem aqui viva de sorte a desenvolver ao máximo suas potencialidades físicas, econômicas, política e sociais.

Em suas linhas gerais, o 1° PDDU representa um esforço pela preservação da saúde social de Porto Alegre - por vezes ameaçada pelos diversos sintomas de enfermidades da época.

É, pois, a cidade repensada.

 

Guilherme Socias Villela, 1979

 


1° Plano Diretor de Desenvolvimento de Porto Alegre - 1° PDDU

Prefeitura Municipal de Porto Alegre - Secretaria do Planejamento Municipal

Prefeito Municipal

Econ. Gulherme Socia Villela

Secretário do Planejamento

Prof. Carlos Veríssimo do Amaral (1975 a 1979)

Econ. Lotário Lourenço Skolaude (1979)

Supervisor do Planejamento Urbano

Arq. Cláudio Ferraro

Supervisor de Planejamento e Programação

Econ. Jaime Oscar Silva Ungaretti (1975 a 1979)

Coordenador

José Morbini

Programa de Reavaliação do Plano Diretor - PROPLAN

Arq. Moacyr Moojen Marques

Grupo de Planejamento do Parques Estadual do Jacuí - PLANDEL

Arq. Udo ílvio Mohr

1°PDDU.jpg
1° PDDU
1° PDDU

Evolução Urbana

1° PDDU
1° PDDU

Modelo Espacial

1° PDDU
1° PDDU

Áreas Verdes - Praças e Parques

1° PDDU
1° PDDU

Distribuição de Comércio e Serviços

1° PDDU
1° PDDU

Distribuição de Escolas Públicas

Parque Marinha do Brasil
Parque Marinha do Brasil

Projeto Arquitetos Ivan Mizoguchi e Rogério Malinsky, 1977

Açorianos
Açorianos

Detalhamento da I Perimetral, Trecho B, Arq. Moacyr Moojen Marques. Viaduto dos Açorianos Projeto Arq. Roberto Py. Paisagismo Arq. Cyrillo Crestani. Projeto do Lago Arq. Enilda Ribeiro. Escultura Açorianos, Art. Plastico Carlos Tenius

Preservação do Ambiente Natural
Preservação do Ambiente Natural

Coroa de Morros - Morro Satana

Viaduto José Loureiro da Silva
Viaduto José Loureiro da Silva

Projeto Arq. Léo Ferreira da Silva. Paisagismo José Morbini.

Parcão e Segunda Perimetral
Parcão e Segunda Perimetral

Projeto Paisagismo Arq. José Morbini. Traçado da II Perimetral Arq. Moacyr Moojen Marques

4720_PB
4720_PB

No centro: Trend City Center. Amplo Arquitetura, 2000. À Direita: SMOV - Sede da Secretaria do Planejamento Urbano de Porto Alegre, Arq. Moacyr Moojen Marques, João José Vallandro, Léo Ferreira da Silva, 1966.

BIBLIOGRAFIA

PORTO ALEGRE. Lei Complementar n. 43, de 21 de julho de 1979. 1° PDDU Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano de Porto Alegre. Porto
Alegre: Prefeitura Municipal de Porto Alegre, 1987.

MARQUES, M. M.. Porto Alegre su proyecto y otras consideraciones. Elarqa (Montevideo), v. 33, p. 34-37, 2000.

SALENGUE, Laís. MARQUES, Moacyr Moojen. Reavaliação de Planos Diretores: O Caso de Porto Alegre, In PANIZZI, Wrana; ROVATTI, João F. (org.) Estudos Urbanos. Porto Alegre e seu planejamento. Porto Alegre, Editora da Universidade, 1993.

PORTO ALEGRE. Planejar para viver melhor. Porto Alegre: Prefeitura Municipal
de Porto Alegre, 1979

PORTO ALEGRE. Decreto nº 2.872/64 - Porto Alegre: Prefeitura Municipal de Porto Alegre, 1964

PORTO ALEGRE. Plano Diretor 1954-1964. Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Porto Alegre, 1964


PORTO ALEGRE. Decreto nº 3.481/72 - Porto Alegre: Prefeitura Municipal de Porto Alegre, 1972


PORTO ALEGRE. Decreto nº 4.552/72 - Porto Alegre: Prefeitura Municipal de Porto Alegre, 1972


PORTO ALEGRE. Decreto nº 5.162/75 - Porto Alegre: Prefeitura Municipal de Porto Alegre, 1975

PORTO ALEGRE. Prefeitura Municipal de Porto Alegre, Secretaria de Obras e Viação/Divisão de Urbanismo. Região metropolitana – estudos. Porto Alegre, 1967.

Avenida Érico Verissimo
Avenida Érico Verissimo

Implantação da Avenida traçada no Projeto de reurbanização da Ilhota, do Plano Paiva